Vindos de formações anteriores os músicos se conheceram nos bastidores de emissoras de TV como rede Cultura e da Rede Família. Formam uma dupla relativamente jovem, juntos há cerca de apenas dois anos, porém cada integrante tem muitos anos de experiência e estrada com outros parceiros e diversos trabalhos consolidados. Ambos integrantes são admiradores e tiveram contato direto com Tião Carreiro.

 

Juntos, os talentosos músicos, representam à verdadeira música sertaneja de raiz.

No primeiro CD com essa formação a dupla apresenta lindas canções autorais além de composições de grandes autores parceiros. O mesmo repertório que poderá ser apreciado em seus shows pelos admiradores da autêntica música sertaneja com Paraense fazendo a primeira e voz e Peão Dourado a segunda.

 

PARAENSE

 

José Gualberto Domingos, com nome artístico de “Paraense”, nasceu na cidade de Marabá – PA, mas ainda criança foi morar em Alvarenga – MG, local onde viveu até 1986, ano em que passou a residir na cidade de Santa Isabel, município da Grande São Paulo. Em 1991 formou sua primeira dupla profissional com o saudoso Odésio Esteves (Lorito), formando a dupla Lorito & Loreto gravando um LP em 1996. A dupla teve seu fim e em 1997.

 

 

 

Peão Dourado & Paraense

Já com o nome de Paraense, José Gualberto Domingos , formou dupla com Luiz Barros de Miranda (Peão do Prado) sendo conhecidos como Peão do Prado & Paraense atuando juntos até o ano de 2007 e tendo gravado  dois discos  nesse período.  Com o fim da dupla em 2008 Paraense seguiu para cidade Areiópolis, interior de são Paulo, onde  gravou quatro discos com Zé Moreno permanecendo juntos até 2015. E foi no ano de 2016 que Paraense formou dupla com o grande profissional, e querido amigo, Ernesto de Azevedo surgindo então Peão Dourado & Paraense.

 

PEÃO DURADO

 

Ernesto de Azevedo, o Peão Dourado é natural de Tupa-SP. Em 2002 mudou-se para Araraquara-SP, mesmo ano em que teve início sua carreira como violeiro profissional com a formação da dupla Peão Dourado & Douradinho. Infelizmente a dupla teve uma curta carreira devido à morte precoce de Douradinho. Peão Dourado mudou-se para São Carlos, também interior e SP e em 2004 passou a cantar e tocar com Ademar Caxa, o Mulato, formando assim a dupla Peão Dourado & Mulato atuando juntos até o ano de 2016.

 

O talentoso violeiro não tem apenas o bigode semelhante ao de Tião Carreiro, mas também o timbre de voz e o estilo marcante. Essas características o levaram a ser convidado a representar Tião Carreiro em um filme que ainda está em fase de captação de recursos para ser gravado.

© 2018 by  Miltinho de Carvalho & Asteca Eventos